Etiqueta: trabalhando no qatar

Das pessoas que conheci – Mariane Kolchraiber

Como é vir para o Qatar sendo solteira? Essa é a pergunta de muitas meninas que entram em contato comigo depois de receber uma oferta de trabalho no país. A maioria dos relatos de expatriadas vivendo aqui são de esposas que vieram acompanhar seus maridos, que largaram mão da sua profissão no Brasil ( ou nos seus respectivos países de origem) para que o seu companheiro aproveitasse uma oportunidade única de emprego.

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

BPM – Como é ser dentista no Qatar

No Qatar ainda não existe o curso de Odontologia por isso todos os profissionais ou são estrangeiros ou estudaram fora. Cuidar da saúde dental no país não é um dos programas mais baratos. Os valores dos tratamentos não chegam nem perto do que se cobra no Brasil; uma obturação, por exemplo, chega a custar QR 800,00 ($220,00). Geralmente os planos de saúde cobrem apenas parte do tratamento e por conta disso dá para imaginar que tem muita gente com os dentes nada amigáveis por aqui.

Escovar os dentes mais de duas vezes por dia pode virar chacota no ambiente de trabalho, acredite! Eu escondo minhas escovas de dentes para ninguém me taxar de “senhora que escova os dentes 3x ao dia” rs

Conheci uma brasileira que topou o desafio de trabalhar nesse sistema de saúde dental curativa e não preventiva. Abaixo segue a entrevista cheia de dicas e como é ser dentista aqui no Qatar.

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.