O que me motivou a criar esse espaço foi a falta de informações ou as informações rasas sobre Doha que li pela internet. Cheguei a ler de uma pessoa que passou 48h na cidade  que “dois dias em Doha já é muito” que em “Doha não tem nada pra ver”.  Até concordo que o país tem suas limitações (código de vestimenta, restrição à bebida alcoólica, por exemplo), mas o que não falta é coisa para fazer, principalmente para quem vem do Brasil.

Tudo o que eu olho é novidade, nunca vi nada parecido antes. Em um post atrás falei dos passeios imperdíveis e agora vou falar dos passeios que você deve encaixar no seu roteiro caso haja tempo.

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.