No feriado do Ramadã arrumamos nossas malas e saímos de Doha, daqui é bem mais fácil e bem mais barato conhecer o mundo se comparado ao Brasil. Essa foi minha primeira vez em Paris e espero que não seja a última, amei demais!

Uma cidade cheia de história, estou me sentindo bem mais culta depois de 7 dias respirando os ares de Paris.

paris1

Claro que nenhum lugar do mundo é perfeito, vi muito lixo espalhado próximo aos pontos turísticos, pick pockets ( batedores de carteira), trambiqueiros pela rua, mas pra quem nasceu e foi criada no Rio de Janeiro isso não é nada.

Uma dica legal para Paris é comprar o Museum Pass que vende no aeroporto, custou 56 euros (R$168,50) e o passe para andar de ônibus, trem e metrô que custou 48 euros (R$144,40) por 7 dias. Eu usei muito, os dois passes, isso porque pode entrar em todos os museus mais de uma vez e chega um momento que seu corpo não aguenta mais andar e ônibus e metrô é a salvação.

Delícia mesmo é caminhar pela cidade, descobrir restaurantes diferentes, cantinhos novos, tentar se afastar de onde está todo mundo, por exemplo, não fiz o passeio de barco pelo Senna. Alugamos um quitinete pelo Airbnb, próximo ao Jardim de Luxemburgo que é um bairro universitário, e não deixou de ser bem próximo dos pontos turísticos.

Meu jeito de viajar é um pouco diferente, gosto de acordar cedo, caminhar durante o dia, voltar, dormir e depois sair de novo. Aproveitamos a noite de Paris indo a restaurantes, vendo a iluminação da cidade, vale muito a pena dar essa descansada.

Este roteiro levou em consideração onde nós estávamos hospedados, então alguns pontos foram trocados porque simplesmente apareceram no nosso caminho e resolvemos entrar.

Roteiro 7 dias em Paris

Dia 1- Pantheon, Souborne, Partir do marco 0 que é a Catedral de Notre Dame (conhecer a catedral por dentro e na rua ao lado tem a escada para conhecer as torres e os sinos), Centre George Pompidou, Louvre ( separe ao menos 5h).

paris4

Dia 2- Esplanada des Invalides, Musée La Ongerie, Jardin de Tuilleries, Musée de Orsay, ponte dos cadeados, Musée de la Armée.

Dia 3- Museé d Rodin, Assembleia Nacional (só dá pra ver por fora), Parq du Champ de Mars (melhor vista da torre), Torre Eiffel, Praça do Trocadero.

paris

Dia 4- Versalhes Palácio e jardins (ás segundas-feiras o palácio está fechado) o passeio gasta meio dia. Depois do almoço, descansei um pouco e fui a Champs Elysees e Arco do Triunfo e a um parque de diversões no Jardim de Tuilleries.

foto 2(1)

Dia 5- Montmartre: Place des Abdesses ( Muro do eu te amo!), Sacré-Coer ( pode subir de bondinho ou a pé, se tiver o passe trem/metrô/bus serve para o bondinho), Museu do Salvador Dalí ( é meio escondido, não aceita o museum pass mas vale a pena), Moulling Rouge e Café da Amelie Poulain. Á noite fui ver a Torre acender mais ou menos ás 22h.

Paris5

Dia 06- Pela manhã fomos a Bastilha e depois Conciergerie, Palais de Justice, île Saint-Louis ( pouco conhecida, fica atrás da catedral de Notre Dame), Passeie no Shopping Carrossel do Louvre que fica dentro do museu, perto da pirâmide invertida. A noite fizemos um queijos e vinhos no apartamento.

Dia 07- Meu último dia, como peguei o Eurostar ás 13h, pela manhã fui ao Jardim de Luxemburgo que era mais perto de onde estava hospedada.

Amei desbravar Paris e sei que ainda tem muito mais a conhecer por isso quem quiser acrescentar algo, ou quiser perguntar alguma coisa é só deixar um comentário, vamos desbravar o mundo juntos!

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

4 comments on “Desbravando Paris”

    • A diferença de preço é grande! Pagamos 800 dólares ida e volta. Do Brasil sairia o dobro do preço. De Doha para Paris em vôo direto são apenas 6 horas, mas como fizemos uma escala no Bahrein o total foram 8 horas. 😉

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *