Estamos as vésperas de mais um feriado aqui em terras árabes e, para comemorar, um post explicativo!

O Ramadã ou Ramadão é o nono mês do calendário islâmico, durante esse período os muçulmanos praticam o jejum que faz parte dos 5 pilares da religião.

Como o calendário Islâmico é do tipo lunar, esse feriado nunca é comemorado na mesma data todos os anos podendo ocorrer em praticamente todas as estações e meses, de acordo com a configuração dos anos, mas sua duração, que vai de 29 a 30 dias, nunca muda.

O feriado só começa quando a lua crescente é avistada no céu. Sim, tem alguém vigiando a lua e dependendo das condições climáticas e posição geográfica do país, o feriado pode começar antes ou depois em um ou outro lugar. Ano passado aqui começou depois da Arábia Saudita, por exemplo. Esse ano a previsão de início é para o dia 17 de junho.

ramadan-mubarak

Durante esse mês, o jejum é praticado durante todos os dias, começando com o nascer do sol e terminando quando ele se põe. Nada de água, comida ou relações sexuais nesse período, para os muçulmanos esse é o tempo de estar com a mente em foco em Alá durante todo o dia, no qual além das cinco orações diárias eles também fazem o Taraweeh, que é uma oração especial feita a noite.

O jejum é obrigatório para todo muçulmano que tenha atingido a puberdade e que não tenha nenhum problema de saúde seja físico ou mental que o impeça. As grávidas, as lactantes, as que estão no período menstrual, crianças, idosos e os que estão viajando são dispensados do ritual.

O Ramadã é comemorado porque acredita-se que foi nesse período do ano que Maomé caminhava pelo deserto, perto de Meca em 610 d.c, onde atualmente localiza-se a Arábia Saudita, quando uma voz vinda do céu o chamou. Segundo a tradição, essa voz era do anjo Gabriel que disse a Maomé que este havia sido escolhido para receber a palavra de Alá.

Para eles, esse é um momento de celebração entre a família e os amigos, ocasião em que pessoas de outras religiões também podem ser convidadas a participar.

Mohammed_receiving_revelation_from_the_angel_Gabriel

Há duas grandes festas durante esse mês; a primeira ocorre na noite do 26º para o 27º dia do Ramadã chama-se laylat al-kadr (noite do decreto ou noite do poder), acredita-se que foi nesse período que Alá falou a primeira vez com Maomé. Alguns oram a noite toda e fazem seus pedidos mais especiais nesse dia. A segunda, no fim do jejum, é o Eid ul-fitr que é um banquete que dura três dias! Nesses dias é proibido jejuar, todos vestem suas melhores roupas e decoram suas casas com lanternas e outros enfeites.

tumblr_m204j7KRk11qb716go1_500

Uma coisa interessante é que durante esse último feriado dívidas antigas são perdoadas, assim como alguns crimes, e dinheiro é dado aos pobres, as crianças recebem presentes igual no natal dos cristãos.

A palavra Ramadã tem origem na palavra árabe “ramida”, que significa “ser ardente”, é considerado o tempo onde os muçulmanos tem sua fé revigorada pois vão mais a mesquita e passam mais tempo lendo o corão.

tumblr_inline_mr20mnQ3821qz4rgp

Tá, mas como isso muda a minha vida já que eu não sou muçulmana?

Muita coisa!

Nesse mês as coisas somem das prateleiras, então é bom fazer um estoque em casa para não correr o risco de procurar algo para comprar no mercado e não encontrar.

Os preços de alguns produtos podem sofrer inflação por isso, aqui no Qatar, o governo se preocupa, todos os anos, em congelar os preços de mais de 400 produtos considerados de consumo diário. Pasmem, um deles é o leite condensado! S2

ramadan

Os horários de funcionamento dos shoppings, supermercados, restaurantes, cinemas etc mudam, e temos que ficar de olho para não dar com a cara na porta né, isso não é bom pra ninguém!

Como todo mundo procura os restaurantes a noite para o Iftar, que é a quebra do jejum, esses estão sempre lotados e há uma mudança nos cardápios para se adequar a ocasião. Ano passado fui a um restaurante que eu adoro e não tinha nada que eu gostava de comer, tenso isso!

O horário de trabalho é diminuído de 8 para 6 horas para muçulmanos e em algumas empresas para não muçulmanos também.

Mas a principal mudança é: torna-se proibido o consumo de água ou comida em locais públicos durante o período do jejum, também não se pode mascar chicletes. E isso é para todos, muçulmanos e não muçulmanos.

The-Behavior-of-a-Muslim-in-Ramadan

Parece fácil, mas não é! Esse é meu segundo Ramadã aqui em Doha, o segundo durante o verão, temperaturas que podem chegar até 52º, imagina fazer exercício ou uma breve caminhada sem poder beber água! Complicado.

Como é considerado um mês sagrado, as pessoas ficam mais sensíveis quanto a vestimenta. Uma camiseta mostrando o ombro pode render uma bronca na rua, experiência própria hehehe

Para um muçulmano, jejuar não só significa se abster de comida, mas também se abster de todos os vícios e males cometidos consciente ou inconscientemente.

Seja para nós, não muçulmanos, também um período de oração, que aprendamos a nos afastar dos nossos maus pensamentos e que possamos fortalecer a nossa fé para seguir em frente durante o resto do ano! Que como o significado da palavra Ramadã , “ser ardente”, que arda em cada um de nós o desejo de fazer o bem!

Ramadã Karim! Feliz Ramadã!

Ramadan-Kareem-Mubarak

 

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

2 comments on “Ramadã Karim!!”

  1. Olá, meu nome é Agnes. Trabalho em uma empresa aqui no Brasil e gostaria de conversar com você via email. Peço que por favor me retorne. Muito obrigada!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *