No Brasil temos  uma das maiores cargas tributárias do mundo. Estamos acima da média tributária mundial, de 27,1%, e da média latino-americana, de 28,1%. A verdade é que  se paga imposto sobre quase tudo!

impostos

Vivemos aqui no Qatar uma realidade totalmente diferente, não existe nenhum tipo de tributação pagamos o preço real das coisas.

A gasolina, por exemplo, chega a ser ridícula, até porque parte do valor é subsidiado pelo governo, assim como a distribuição de água e energia elétrica. Enquanto no Brasil eu costumava encher o tanque do meu carro com no mínimo R$ 150,00 aqui dá para encher o tanque com QR 50 (R$ 31,30) no máximo.

TaxCuts_h-726000

Tirando pelos eletrônicos tabelados, os outros chegam a ser metade do preço que é cobrado no Brasil. Quanto aos alimentos, se pensarmos que TUDO é importado, podemos dizer que é barato.

A grande vantagem de viver em um país tax free é o aumento do poder de compra, podemos usar de exemplo o automóvel. Adquirir um carro no Brasil é caro e todo mundo sabe disso. Mas poucos conhecem o quanto de imposto é dado ao governo quando se compra um 0km. No total, 33,81% do preço final de um carro 1.0 é representado por impostos, número que chega a 38,7% no caso dos carros com propulsor maior. Além das taxas na compra, o consumidor paga mais três anualmente, referentes à manutenção do veículo: IPVA, taxa de licenciamento e o DPVAT.

Trouxe para ilustração o Ford Fusion. No Brasil a opção mais simples custa R$104.000,00, no Qatar, o mesmo carro, sendo câmbio automático e com todos os opcionais, sai a QR105.000,00 (R$ 73.803,00), ou seja, acima de 30 mil reais mais barato. Vale lembrar que no Qatar não existem fábricas de automóveis e que esse carro é fabricado no Brasil.

fusion

Não gosto de ficar comparando, porque são lugares diferentes, de dimensões totalmente distintas. O Qatar tem quase o mesmo número de habitantes do que Nova Iguaçu (cidade na região metropolitana do Rio de Janeiro), em uma hora cruzamos o país, no Rio de janeiro já gastei uma hora da praça XV a entrada da Av. Brasil!

Em contraponto não existe a prestação de serviço público. O país tem apenas um hospital que não é particular, e mesmo assim para utilizar os serviço paga-se um valor simbólico, e nem pense em educação sem pagar uma fortuna!! Nos bairros afastados de West Bay  e das rodovias não tem iluminação de rua e assim vai…

Existem porém algumas exceções a esse atrativo do tax free, e esses são: o imposto fixo de 10% sobre todos os lucros obtidos por empresas que sejam parcialmente detidas por estrangeiros, o imposto de 7% em bebidas e comidas consumidas no hotel (este substituiu os famosos 10% de taxa de serviço) e, por último, o imposto de 4% a 5% sobre os produtos importados destinados a revenda.

Enfim, tudo tem seus prós e contras. Mas para os consumistas de plantão eu sugiro um passeio pelos shoppings aqui de Doha para aproveitar e gastar! Roupas, eletrônicos, etc o paraíso é aqui o Qatar é tax free!

Compras

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

4 comments on “O paraíso é aqui o Qatar é TAX FREE”

  1. Oi… Vc conhece guia brasileiro no Qatar, como sao os precos da Chanel, Rolex, Dior, comparados com os precos da europa, ai eh free de imposto, aonde eh mais barato comprar em doha ou no bahrein,

    email diordiobandeira@uol.com.br
    whats app +55 63 98412 9293

    me chama pelo whats app preciso muito de ajuda de brasileiros em Doha

    • Oi! Conheço uma guia sim. Erika Bechara, você pode entrar em contato com ela pelo e-mail guiadoha@gmail.com

      Os preços daqui são quase os mesmos da Europa, eu não sei quanto ao Bahrein porque nunca estive lá.

      Espero ter te ajudado, grande abraço!

  2. Boa noite Thaís!
    Estou adorando o blog. Pretendo fazer um stop over por aí ano que vem e estou aproveitando as dicas.
    Minha dúvida é se vocë saberia informar qual a melhor forma de fazer o cambio por aí.
    Obrigada

    • Oi Mônica fico feliz que esteja curtindo! No Aeroporto tem casas de câmbio porém eles não trocam o real, apenas dólar. Outra maneira que tem funcionado pra quem vem pra cá é usar o cartão viagem e cartão de crédito.
      Espero ter te ajudado, grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *