Quando vamos a um país com uma cultura totalmente diferente da nossa não é difícil estranharmos alguns comportamentos. Quando eu cheguei aqui não conseguia parar de olhar, e algumas vezes não conseguia parar de rir!

Separei as situações mais esquisitas com as quais me deparei nas ruas de Doha para que, quem venha não se espante tanto quanto eu me espantei .

1-      Homens andam de mãos dadas

Sim! Homens andam de mãos dadas como gesto de amizade. Eu estranhei não pelo fato de serem dois homens de mãos dadas, mas sim porque aqui a homossexualidade é crime. Eles andam com dedinhos dados e se algum deles achar que é seu amigo, vai pegar no seu dedinho também (homens claro!). Esse é um comportamento típico dos indianos.

2- Homens se cumprimentam com beijo de nariz.

Mais um comportamento suspeito para nós, homens se cumprimentam com um esfrega de nariz. Esse cumprimento ficou famoso no Brasil através do jogador de futebol Sheik que morou muito tempo no Oriente médio e aparentemente adquiriu o costume.

bjarabe

 3- Cabelo cacheado e olhos claros fazem sucesso

No Brasil a moda é esticar as madeixas, assumir os cachos são para as corajosas. Eu assumi meus cachos e desde que cheguei aqui sou apontada na rua, pessoas pedem para tocar no meu cabelo, me perguntam como eu fiz. E não é diferente com olhos claros, lentes de contato colorida vendem no supermercado! Temos que levar em consideração que a maioria da população é de indianos, pele morena e cabelos lisos, ou filipinos, com a clássica aparência asiática. Qualquer característica diferente te faz ser um sucesso.

4- Mulheres vestidas de preto da cabeça aos pés

Aqui ninguém é obrigado a vestir a burca, mas algumas mulheres optam por vestir o traje completo, incluindo luvas pretas e véu cobrindo todo o rosto. Do lado de fora só as bolsas de grife.

woman

5- Poucas pessoas sabem o que é uma fila

Não espere chegar a um restaurante e entrar em uma fila, aqui vale a lei de quem empurra melhor, quem é mais esperto. Como eu pegava trem, Japeri x Central, estou acostumada com essa educação, quando eu vejo europeu tentando fazer fila chega a dar peninha, porque sei que a pessoa vai ficar uma vida esperando.

6- Alimentos vendidos em quantidades surreais

Um dos primeiros “passeios” que fiz em Doha foi ao Carrefour. Fiquei assustada com uma pacote de 20 kg de leite ninho. Toblerone de 1 kg, Nutela gigante, 30kg de arroz, 6 litros de óleo e assim em diante. Aparentemente as famílias aqui são enooooormes, e para alimentar muita gente é preciso muita comida. Para nós que somos 2, ás vezes é difícil fazer compras, o extrato de tomate durou 4 meses.

Nutella-giant

7-      Ninguém caminha pelas ruas

Caminhar pelas ruas é uma tarefa árdua por dois motivos: é muito quente e não existe calçada. Mesmo com a revitalização da cidade quase não foram feitas calçadas, isso porque é costume andar de carro. As calçadas que existem não possuem qualquer adaptação de acessibilidade, por exemplo. Ou seja, mesmo quem quer andar não consegue.

8-      Não existem bueiros

Chuva aqui só duas vezes no ano, no máximo! Então pra que bueiro? Não existe qualquer infraestrutura para se evitar enchente. Claro que aqui não chove igual no Rio de Janeiro, mas como não tem nada para escoar a água qualquer chuvinha alaga as rodovias e é motivo de alerta.

9-      Algumas pessoas andam com 10 mil Ryals em dinheiro no bolso

No mundo real, quem tem muito dinheiro costuma deixar ele no banco. A menos que a pessoa seja um traficante, não vai andar por ai exibindo chumaço de dinheiro. Aqui algumas pessoas têm tanto dinheiro e a criminalidade é tão pequena que eles andam com dinheiro vivo no bolso. A primeira vez que reparei não consegui parar de olhar, o moço deve ter pensado que eu estava afim dele, isso é o que eu costumo chamar de “Árabe da Ostentação”.

arab

10-   Muitas pessoas dão a senha do cartão de crédito para os atendentes

Isso é muito estranho! Muito mesmo! Imagina a cena, você come em um restaurante, pede a conta, o garçom traz a conta e você pede para pagar no cartão, ele diz que não tem a máquina sem fio e ai você dá seu cartão com a senha para ele realizar o pagamento. Igualzinho no Brasil, só que não!

11-   O carro oficial do Qatar é a Land Cruiser Branca com adesivo feio do lado

Um qatari só é qatari de verdade se tiver esse carro! Esse é o carro mais vendido no país e o que mais se vê pelas ruas. É moda, é luxo, é necessidade. Com a Land Cruiser você vai a qualquer lugar, do asfalto ao deserto e deve ser por isso que é o queridinho do país.

land cruiser

Sei que ainda vou descobrir muita coisa exótica nessa caminhada, e que essa lista ainda tem muito pra crescer. Desbravar é isso, desvendar os segredos e compartilhar com o mundo!

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

17 comments on “Coisas estranhas que você pode ver no Qatar”

    • Oi Regina! O visto de turismo não é difícil de conseguir. Você tira pelo próprio hotel onde ficará hospedada ou pela companhia aérea.

      Grande abraço!

  1. Thaís amei suas observações, eu já estive nos Emirados Árabes e também reparei muitos costumes diferentes e alguns até bizarros!! Não sei aí no Catar, mas nos Emirados Árabes os muçulmanos arrotam comendo, a todo tempo fazem isso, e sentem raiva de nós que não fazemos, eles acham um desaforo não arrotarmos na mesa também!! Outra coisa são eles soltarem ”flatulências” na frente de qualquer um, como se fosse normal, bem… pra eles é normal mesmo!! kkkkkkkkkkkkk

  2. Olá Thais, td bem? Meu esposo é piloto de aeronaves e recebeu uma proposta de trabalho no Qatar.
    Percebi pelos seus post que, apesar das diferenças culturais, gosta muito do país. Somos uma familia com duas crianças, Gabriela com 13 anos e Vinicius com 8 anos. Gostaria, se possível, que me falasse um pouco da adaptação de familias estrangeiras em Doha, escolas, lazer, saúde, custo de vida, … enfim, toda informação será muito bem vinda.

    • Oi Luciana! Todo mundo que vem trabalhar aqui na Qatar Airways gosta muito, principalmente quem tem criança. A comunidade brasileira de pilotos é bem grande e você já chega inserida a um grupo. As crianças terão oportunidade de estudar em escolas multiculturais o que será ótimo pra elas. As opções de lazer são basicamente shopping e parques, para saber de saúde você pode consultar esse post aqui e quanto a custo de vida pode ficar tranquila que a Qatar Airways dá casa e paga escola das crianças ( que são as duas coisas mais caras no país). Torço que dê tudo certo pra vocês! qualquer coisa é só falar! Grande abraço!

  3. Estamos em Doha ficamos hospedados no hotel Hamada, de manhã saímos para tomar café em algum lugar
    Eu achei que teria um dia de guerra , e muita briga
    Além de não ter nenhuma mulher na rua a minha esposa ficou apavorada com os inúmeros homens a olhando de baixo a cima , e como pesquisamos um pouco antes ela estava de calça e blusa de manga comprida , mas mesmo assim foi bem estranho , voltamos rapidinho para o hotel e em seguida pegamos um táxi para o souq mercado onde ficamos mais tranquilos
    Por enquanto minha impressão é de não voltar mais
    Vamos ver os próximos dias

    • Oi Paulo! 75% da população do país é de homens, então é bem comum a desproporção no número de mulheres na rua. Esse bairro onde fica o seu hotel tem bastante operário “blue collars” vivendo. Se você tivesse me pedido uma dica eu ia dizer para não se hospedar ai porque realmente é bem desconfortável caminhar sendo observado. Os bairros e as atrações que são mais voltados para famílias têm bem mais mulheres e essa sensação de estar sendo observado diminui. Espero que você tenha mudado a sua impressão do país ao visitar o Museu de arte Islâmica e caminhado pelo Katara. Boa viagem, grande abraço!

  4. Bom dia Thais!
    Tenho uma empresa de pinturas empresarial e residencial, gostaria de saber se consigo prestar esse trabalho no País?
    Fiquei preocupada qto a questão de escravizar imigrantes.

    • Oi Andréia. Para ter uma empresa no Qatar você precisa de um sócio local. As questão trabalhistas são complicadas no Qatar mas já estão tomando medidas para melhorar. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *