Categoria: Quem vive aqui

Das pessoas que conheci – Mariane Kolchraiber

Como é vir para o Qatar sendo solteira? Essa é a pergunta de muitas meninas que entram em contato comigo depois de receber uma oferta de trabalho no país. A maioria dos relatos de expatriadas vivendo aqui são de esposas que vieram acompanhar seus maridos, que largaram mão da sua profissão no Brasil ( ou nos seus respectivos países de origem) para que o seu companheiro aproveitasse uma oportunidade única de emprego.

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

Mari Mundo Afora – Crônica de uma brasileira no Qatar

A idéia de viver uma experiência de vida fora do Brasil, sempre me soou maravilhosa, já que sou daquelas que me jogo na cara e na coragem e sem medo de ser feliz. Lembro ainda hoje do entusiasmo que eu, João e um casal de amigos conversávamos em uma pizzaria sobre a possibilidade de vir trabalhar e morar em Doha, já que esta amiga já tinha morado em Dubai e adorado!

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

BPM – Como é ser dentista no Qatar

No Qatar ainda não existe o curso de Odontologia por isso todos os profissionais ou são estrangeiros ou estudaram fora. Cuidar da saúde dental no país não é um dos programas mais baratos. Os valores dos tratamentos não chegam nem perto do que se cobra no Brasil; uma obturação, por exemplo, chega a custar QR 800,00 ($220,00). Geralmente os planos de saúde cobrem apenas parte do tratamento e por conta disso dá para imaginar que tem muita gente com os dentes nada amigáveis por aqui.

Escovar os dentes mais de duas vezes por dia pode virar chacota no ambiente de trabalho, acredite! Eu escondo minhas escovas de dentes para ninguém me taxar de “senhora que escova os dentes 3x ao dia” rs

Conheci uma brasileira que topou o desafio de trabalhar nesse sistema de saúde dental curativa e não preventiva. Abaixo segue a entrevista cheia de dicas e como é ser dentista aqui no Qatar.

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

De repente 30 – Projeto fotográfico mostra a beleza das mulheres de 30 nas paisagens do Qatar

Há três meses atrás recebi o convite para participar do projeto ” De repente 30″ idealizado pela fotógrafa Alessandra Ribeiro e a maquiadora Zilda Henkin, brasileiras que também moram aqui no Qatar, e como eu me apaixonei pela proposta do projeto resolvi aceitar, mesmo não estando na casa dos 30 ainda (faltam menos de 2 anos).

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

Como ser fashion no Qatar – dicas valiosas para se estar na moda mesmo vivendo no Oriente Médio

Calma! Eu não virei blogueira de moda mas tive a ajuda de uma para provar por A+B que é possível se vestir na moda mesmo com as restrições que temos aqui.

Como todo mundo já sabe não é preciso usar véu ou abaya porém temos que cobrir os ombros e os joelhos e evitar o decote. Dentro disso existe um mundo de possibilidades, mas andei reparando que algumas pessoas piram um pouco e começam a se vestir de uma maneira louca que elas nunca usariam no Brasil por exemplo, chega até a ser engraçado!

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

Das pessoas que conheci aqui – Luis Henrique Rolim

Hoje, pela primeira vez na história do DesbravaDoha, um post que não foi escrito por mim. A ideia de convidar o Luis para contar um pouco sobre como é viver por aqui, surgiu de quando comecei a acompanhar um post polêmico dele sobre a naturalização de esportistas, prática muito comum aqui no Qatar e, que estava em voga devido ao Campeonato Mundial de Handebol Masculino.

Eu, que adoro uma polêmica, não podia deixar de conhecer de perto o autor do texto! Marcamos um almoço, rimos muito, dividimos experiências e, ainda bem, ele aceitou meu convite! Espero que essa parceria continue e que o Luis possa me ajudar nessa jornada de contar as aventuras dos brasileiros por terras árabes.

Com vocês … Luis Henrique Rolim!

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

Das pessoas que conheci aqui – Claudia Kogake (Sabor do Brasil)

Vivendo aqui no Qatar ainda não achei ninguém com uma história chata! Em cada esquino esbarro com uma pessoa mais interessante que a outra. Uma dessas pessoas queridas que eu tive o prazer de conhecer foi a brasileira Claudia Kogake, que eu chamo carinhosamente de Claudia sabor do Brasil!

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

Das pessoas que conheci aqui – Érika

Uma das melhores coisas que o DesbravaDoha tem me proporcionado é conhecer pessoas. Através desse canal tenho me comunicado com brasileiros que vão vir morar em Doha, com brasileiros que vão fazer turismo e acabei encontrando os brasileiros que moram aqui há mais tempo!

Um desses encontros foi com uma brasileira que já trabalhou com moda, cake designer, festas infantis e hoje é uma das primeiras guias turísticas do qatar especializada em receber brasileiros.

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.

Das pessoas que conheci aqui – Camila

Meus dois primeiros meses aqui foram bem difíceis, embora eu morasse no hotel e aproveitasse a jacuzzi e as facilidades de viver em West Bay, eu me sentia muito sozinha. Thiago trabalhando o dia inteiro e até tarde (como todo publicitário em qualquer lugar do mundo) eu sem saber conversar em inglês, tudo contribuía para um quadro de reclusão.

(mais…)

Thaís já foi atriz de teatro amador, bailarina torta, advogada e professora universitária. Mora no Qatar e desde que chegou a Doha, depois de 18 horas de viagem, se descobriu desbravadora. Como uma boa capricorniana não se acostumou bem à mudança, entretanto isso não foi obstáculo para que abrisse seu coração para viver uma nova aventura diferente de tudo que já viveu antes. Aos poucos Doha ganhou seu coração a ponto de sentir o desejo pulsante de dividir com o mundo o que este lugar tem a oferecer.